OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de maio de 2024

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
24/01/2024 às 08:20

A história se repete e o oásis volta a prosperar no Sertão de Alagoas. Sabe onde é? Sabe o porquê?

Se é verdadeiro que pau que nasce torto nunca se endireita, também deve ser que até pedra pode dar fruto, desde que bem cuidada. Este é o caso de Delmiro Gouveia, no Alto Sertão de Alagoas, que está em pleno processo de transformação. Não apenas pelo investimento de R$ 3,5 bilhões e a oferta de mais de 20 mil empregos para a região com as duas usinas fotovoltaicas que serão instaladas no município. Bem... só esse detalhe já seria motivo para uma correria sem precedentes na região mais castigada de Alagoas (pelos políticos).

Paralelo a esse fenômeno já estão prontos dois bons hotéis e um shopping center, que também impulsionam a economia e o turismo da região. Será ainda melhor quando a indústria de Tintas, já em fase de construção, estiver funcionando. A ousadia da gestão da prefeita Ziane Costa, que administra a quatro mãos com seu tutor, o ex-prefeito e empresário Luiz Carlos Costa, o Lula Cabeleira, está transformando o pedaço de chão que o visionário cearense Delmiro Gouveia (1863-1917) apostou todas as fichas, quando foi pioneiro na instalação da primeira fábrica nacional independente no Nordeste brasileiro.

A Companhia Agro Fabril Mercantil atraiu, a partir de 1903, moradores e promoveu o desenvolvimento. Em 1913, Delmiro Gouveia construiu uma usina hidrelétrica junto à Cachoeira de Paulo Afonso para fornecer energia à fábrica de linhas de costura que inaugurou no ano seguinte, em Pedra (Delmiro).

Outro detalhe que chama à reflexão: Com pouco mais de 51 mil habitantes (Censo de 2022), a população delmirense foi a que mais cresceu no Sertão, 6,03%, em comparação com o Censo de 2010, enquanto que a população de Alagoas subiu apenas 0,21%. O município ocupa a 9ª colocação no estado em termos populacionais, mas foi o município que mais cresceu no Sertão. Já a região, no período entre 2010 e 2022, teve uma redução de 9.581 pessoas, em sua população.

Dos 42 municípios localizados na área de influência do canal do Sertão, Delmiro possui a melhor gestão fiscal da região. Percebe-se, também, que entre as 5 maiores economias mais dinâmicas das regiões do Sertão e Agreste juntas, Delmiro se destaca como o maior PIB.

Os dados divulgados pelo IBGE sobre nascimentos e óbitos de crianças mostram que, em 2020, a taxa de mortalidade infantil de Alagoas foi de 11,76 por cada 1.000 nascidos vivos, enquanto a média de mortalidade infantil no município de Delmiro Gouveia foi apenas de 6,43. Esse índice é considerado o menor entre os municípios da região do Sertão.

Derivados do Canal do Sertão, a CODEVASF concebeu um Projeto Público de Irrigação (PPI) em Delmiro Gouveia, com potencial irrigado que atenderá uma área de 883 hectares destinada para agricultura irrigada. Uma vez implantado, a produção desse perímetro vai incrementar cerca de R$ 26 milh no PIB do município.

120 anos depois, a história se repete e Delmiro Gouveia volta a ser o oásis que fará o Sertão prosperar. Sabe o porquê? Pela visão de quem administra (simples assim).

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.