OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 22 de maio de 2024

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
22/04/2024 às 06:32

O Mecanismo está em choque, com o líder refém

Renan acuado, Arthur agitado, Lula refém e o Mecanismo em choque. Você, certamente, não consegue compreender os riscos dessa guerra pelo controle do poder. Chegou-se a um ponto onde não há mediador para o conflito. Todos lutam pela sobrevivência, mas alguns precisam desaparecer da cena (dos crimes). Ficar de fora do sistema também é muito arriscado. O detalhe é que tudo tem um fim.

O jogo que está sendo jogado, de Alagoas para o Brasil, e do Brasil para o mundo, é de alto risco, já percebido até pelos menos antenados nos casos políticos.  

O silêncio de alguns protagonistas deste jogo maquiavélico diz muito. Algo parecido com uma máxima no sistema prisional brasileiro: quando a cadeia está muito tranquila é sinal que vai virar. Quando os presos estão muito quietos é porque a cadeia vai “pegar fogo”. Ou seja: o que vem por aí vai interferir na sequência do jogo, com final agendada para 4 de outubro de 2026. Mas até lá muita coisa vai virar, inclusive a cadeia política

Mais uma vez: é o eleitor quem pode decidir o resultado final, colocando na Democracia a solução para a crise de líderes.

Por outro lado, o Mecanismo é o algoz da violentada Democracia. 

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.