OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 08 de dezembro de 2021

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
27/01/2020 às 05:00

Pilar terá o Hospital do Futuro, construído com recursos próprios. Projeto será apresentado hoje, à população

Definitivamente, Pilar é o case de gestão pública que humilha os iguais. Escrevo sem o menor pudor para afirmar que não vi, nas duas últimas décadas, algo – DE LONGE – parecido com o que acontece no Pilar. Assino embaixo pelos 20 anos atuando na seara política da capital e interior de Alagoas. 

Para se ter uma ideia política dos fatos, basta ter noção sobre o índice de aprovação da administração do prefeito Renato Filho. Três institutos (Ibrape, TDL e Vozes) cravam que é acima dos 90%.

Difícil é duvidar 
A clareza administrativa não vem das luzes led que iluminam a cidade, mas da transparência das ações, que são visíveis pela população local, pelo governo do Estado, que virou o principal parceiro e, agora, pelo setor privado, que transformará Pilar no maior polo econômico do Estado.

Como já citei aqui, por mais de uma vez, os comerciantes pilarenses ganharam um banco, com linha de crédito muito abaixo do praticado no mercado e centenas de famílias, que viviam abaixo da linha da pobreza, estão mudando de vida com o Plantando o Futuro, o maior programa de agricultura familiar do Estado. Ou seja: economicamente Pilar dá um banho de prosperidade até no principal parceiro.

Na educação, todas as escolas da rede municipal utilizam a plataforma 'Google For Education', que serve como caderno digital para os alunos. As unidades com Ensino Fundamental I e II foram as primeiras com acesso à plataforma digital. Os professores utilizam chromebook e o município adota lousa digital, a ferramenta do momento quando o assunto é espalhar conhecimento. Dados do MEC confirmam que, no Brasil, apenas 1,2%... é isso mesmo, de cada 100 salas de aula no Brasil, apenas uma tem lousa digital. 

Com uma série de programas sociais, como o Prato Cheio, que alimenta milhares de famílias, as políticas públicas também colaboram para diminuir os atendimentos na saúde municipal.

Por falar em saúde, a primeira ação efetiva do prefeito, ao tomar posse no dia 1º de janeiro de 2017, foi reabrir o Hospital Nossa Senhora de Lourdes, que estava fechado há dois anos. Com o apoio do Estado virou referência na região metropolitana. Diferente de praticamente todos os municípios de Alagoas, os pilarenses têm um hospital e uma maternidade 100% SUS.

A novidade, agora, será a construção do Hospital do Futuro, que terá 123 leitos e vai gerar mais de 700 empregos, em diversas áreas. O projeto será apresentado hoje, à população. As obras começam ainda neste ano, na parte alta da cidade. Os recursos, na ordem de R$ 30 milhões, são do próprio município.

PS.: Se o seu município tem educação pública de primeiro mundo, hospital e maternidade (funcionando) 100% SUS, os comerciantes têm incentivos para linhas de créditos com taxas abaixo do mercado e os programas sociais estão mudando a vida das pessoas, avisa aqui

Sabe porque copiar o modelo-pilar não é tão fácil? Pergunte ao seu prefeito (a).

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.