OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de abril de 2021

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
02/04/2021 às 19:21

Professores serão o próximo alvo de Renan Filho

Os Mestres da sala de aula, desvalorizados desde sempre pelos governos federal, estadual e municipal, são os guerreiros na linha de frente na formação da personalidade de todos nós. Não há como esquecer dos carinhos, das advertências, do posicionamento mais duro deles (as), desde o jardim.

Assim como lembro do carinho das “tias Alda, Zeza e Odete, reconheço a importância do rigor das professoras Elienai, Marluce, Gal, Maria Aparecida e Mabel e, ainda, a liderança das diretoras Anieta e “Professora Jó”. São personagens marcantes de gerações nos colégios Nossa Senhora das Graças e professor Loureiro, em Murici.

Quem não tem da escola as melhores lembranças da primeira infância e adolescência deve procurar, rapidamente, um analista, psicólogo ou psiquiatra, porque sua personalidade permanece bloqueada.

Educação no Brasil nunca foi levada a sério. Alagoas, por décadas, foi o estado campeão no número de analfabetos. Líder, também, na evasão escolar. Sem falar que muita gente ia à escola pela merenda.

Não há como voltar no tempo. Por mais que alguém faça algo, a partir de agora, quantas famílias foram desmontadas porque os governos não investiram em educação? A atenção à Educação, para a maioria dos gestores, é direcionada ao IDEB (o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Sabe por quê? Gera repasse do dinheiro federal aos estados e municípios. O político precisa de voto, mas gosta mesmo é do dinheiro público. Salve as exceções!

Bem... É indiscutível que Alagoas, no governo de Renan Filho, avançou muito no IDEB, reduziu a evasão escolar e melhorou significativamente o modelo de ensino. Ainda não somos exemplo, mas saímos do radar da vergonha nacional.

Agora está chegando a hora do reconhecimento às Mestras e Mestres da sala de aula. Será no salário. Os detalhes Renan Filho anuncia mas adianto que, se ainda não for o que eles merecem, multiplicar o que ganham por 2 será um primeiro passo muito bem-vindo.

Salário não é única forma de valorização, mas a remuneração adequada é um item importantíssimo. Vacinar os profissionais da educação representa a garantia do direito. A valorização salarial será o reconhecimento. 

Páscoa é sinônimo de renascimento, de renovação! É o momento certo para refletir e fazer renascer sentimentos mais nobres. Educação é uma causa nobre.

Boa Páscoa, pessoal!

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.