OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 16 de junho de 2021

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
09/06/2021 às 18:32

Acordo com a Braskem vai garantir saneamento de Maceió, novas avenidas, viadutos e linhas para VLT e BRT

Não há dinheiro que pague o sofrimento dos moradores e comerciantes dos bairros atingidos pela mineração do sal-gema, pela Braskem. Uma tragédia anunciada, há décadas, que se aproxima do fim, sem final feliz para milhares de famílias. O caos social e econômico no Pinheiro, Mutange e Bebedouro segue matando sonhos e adoecendo muita gente. É uma situação surreal, com culpa coletiva.

Mas... há uma máxima que diz: depois da tempestade vem a bonança. É difícil escrever e impossível que os afetados aceitem o que noticio: o acordo de leniência entre a Prefeitura e a Braskem possibilitará a transformação (SÓ QUE DO BEM) para todos os demais bairros da capital. 

O pacote de obras defendido pelo prefeito JHC chega a R$ 10 bilhões, a serem pagos pela Braskem. Já há sinalização da mineradora de liberar 2,5 bilhões. Uma fonte revelou que o acordo se encaminha para a casa dos R$ 7 bilhões. 

E o que vem por aí? O projeto defendido por JHC é para transformar Maceió numa cidade modelo em mobilidade urbana, com VLT e BRT circulando nas principais vias e centros comerciais e de entretenimento. Constam, também, a construção de novas avenidas, viadutos, praças, recuperação de rios e saneamento dos bairros. O mais impressionante do macroprojeto do município é a despoluição do riacho Salgadinho. 

Em respeito aos atingidos pela tragédia nos bairros não é prudente festejar a transformação que se anuncia. Por outro lado, sem parte do Bebedouro, Mutange e Pinheiro e com a abundância de projetos, Maceió será uma cidade apta para o apogeu do turismo. 

O pior já aconteceu. Hora de esperar pelo melhor, porque mais de 50 mil pessoas que deixaram seus lares e comércio estão recomeçando a vida em bairros distintos da cidade. Por isso, me disse a fonte, JHC faz questão de levar investimentos para todas as localidades.

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.