OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de agosto de 2022

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
18/01/2022 às 10:15

Em Alagoas eleição pode ter Renan Filho sem Lula e Rodrigo Cunha sem JHC

A federação entre partidos políticos ainda não está definida. Mas está pacificado que, para alguns será a sobrevivência, para outros, uma dor de cabeça.

No topo da cadeia, no caso de Alagoas, estão Renan Filho, JHC e Rodrigo Cunha. Explico: pelo que está encaminhado a federação funcionará como um bloco de partidos que só podem ter um candidato por estado. Ou seja: não haverá disputas entre o mesmo bloco partidário em nenhum Estado. Assim, o MDB, que terá candidatura à presidência da República, não poderá marchar com o PT, que ensaia Lula. Neste caso, os Renan’s e Lula + Paulão não estariam no mesmo palanque. Ótimo para Paulão, que praticamente garante sua reeleição com a federação. Mas, pelo menos no primeiro turno Renan’s e Lula só no bastidor.

Da mesma maneira acontece com JHC e Rodrigo Cunha. O PSB está em processo de firmar a federação com o PT. Como o PSDB terá candidatura a presidente, acontece o mesmo. Palanques distintos no primeiro turno.

Bem... só que, hoje, um fato novo deve ser observado. Em entrevista ao Correio Braziliense, publicada nesta terça-feira, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, diz que o partido estuda candidatura própria ao Governo de Alagoas. Para quem não sabe o presidente estadual do partido é JHC.  

Como disse antes: até as convenções ninguém tem convicção de nada. Como quem tem certeza em política é doido e quem acha não sabe nada... tudo pode acontecer, inclusive JHC candidato.

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2022 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.