OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 03 de março de 2024

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
29/06/2016 às 07:47

Aliados e especuladores fazem o Marketing para Marx ser ministro

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, deu um novo tom ao enredo dançado por muitos sobre quem será o próximo ministro do Turismo. O nome do deputado federal Marx Beltrão nem chega a ser citado como possível, pelo ministro-chefe. Aliás, Padilha foi taxativo ao afirmar que a definição do novo ministro do Turismo está a cargo do PMDB da Câmara dos Deputados e que o nome escolhido poderá até não ser do partido, desde que a indicação passe pelo crivo da bancada peemedebista da Câmara.

“Pode não ser alguém do PMDB, poderá ser uma indicação técnica de uma pessoa que até nem esteja filiada ao partido, mas conduzida e indicada pelo PMDB. O presidente Michel [Temer] entregou ao PMDB da Câmara a decisão”, disse o ministro.

A única definição que o presidente Michel Temer não abre mão é que o nome, a ser definido pela bancada do PMDB, seja anunciado ainda esta semana.

Com a saída de Henrique Eduardo Alves, também do PMDB, que deixou o cargo após ser citado na delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, a pasta está sob o comando interino de Alberto Alves há cerca de duas semanas.

É bom lembrar que Marx Beltrão tem pendência com a justiça, de quando foi prefeito de Coruripe. Será que seria bom para sua imagem – de propenso candidato ao senado, em 2018 – ter sua imagem política vasculhada pela imprensa nacional? O efeito pode ser colateral.


Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.