OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 18 de maio de 2021

Colunistas

Wadson Regis Wadson Regis
Jornalista profissional, formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), é editor-geral do AL1.
03/05/2021 às 07:01

Bolsonaro procura Sarney, que fala com Renan, que desiste de pedido no STF. "O jogo está apenas começando"

Relator da CPI, Renan tem a bola do jogo - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado Relator da CPI, Renan tem a bola do jogo - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O simbolismo de duas movimentações do presidente Jair Bolsonaro dá o tamanho da encrenca que o governo terá com a “CPI da Covid”, caso não aceite/consiga aproximação com o MDB.

Na última terça-feira Bolsonaro se encontrou com José Sarney, em Brasília. Bateu continência na entrada e na saída. Disciplinado (acredite se quiser) entrou em contato com o governador Renan Filho. As duas movimentações “vazaram” para indicar que o presidente da República reconhece o grau de perigo com Renan Calheiros relator da CPI.  

Bem... pelo menos a pauta 1, da missão com Sarney, parece ter sido cumprida. Renan, parceiro de primeira hora do ex-presidente, já avisou a aliados que desistiu de pedir ao STF acesso aos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos.

Renan foi um bom zagueiro do futebol amador defendendo o Cruzeiro, Guardalajara e o Murici, até o início dos anos 80. No futebol era um paredão clássico, na política foi brilhante na defesa dos interesses do MDB. Agora, próximo da aposentadoria, curte o novo momento como atacante da oposição.

“O jogo está apenas começando”, alerta Renan.

Com essa pérola, Brasília já entendeu que governo e oposição fiquem atentos, porque tudo pode acontecer. Para o atacante Renan 0 x 0 é jogo perdido. 

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.