OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de julho de 2024

Colunistas

Roberto Boroni Roberto Boroni
Jornalista de formação e que tem a crônica esportiva no coração. Ex-assessor de comunicação do CRB, Vivi de perto a Série B para saber que ela pode ser tudo, menos fácil!
06/06/2024 às 07:20

Domingo é dia para o torcedor do CRB provar que 2 a 0 é um placar perigoso...e reversível!

KID JUNIOR / SVM KID JUNIOR / SVM

O Galo saiu de Fortaleza, na noite de ontem com uma chata desvantagem de 2 a 0. Nada absurdo, se formos analisar a capacidade do adversário, perder em seus domínios é algo mais do que natural. E foi assim que o CRB perdeu a primeira partida da final da Copa do Nordeste, agora a equipe vai receber o Fortaleza no Rei Pelé, no próximo domingo, e será nossa de vez de mostrarmos quem manda em casa.

Evidentemente, que uma desvantagem de dois gols é algo complicado de reverter, ainda mais contra uma equipe da Série A e com o trabalho de anos que o Fortaleza possui com seu treinador.

Ainda assim, futebol é um esporte onde a lógica perde o sentido muitas vezes e a emoção ganha da razão. E é justamente aí, nesse ponto, com a força da torcida do CRB no Rei Pelé, que o Galo pode sonhar em reverter essa dura desvantagem.

Domingo o Rei Pele estará lindo, sem dúvidas, será um espetáculo que vai mostrar ao Brasil a força do torcedor regatiano. É um ambiente de estádio que já vivi mil vezes, vivi no vestiário, e sei a força que a torcida pode passar ao time em um jogo de futebol.

Claro que o time terá que corresponder, que o jogo terá que separar uma dose de sorte para o Galo, mas tudo irá passar pela energia que virá das arquibancadas e o torcedor alvirrubro será o grande trunfo do CRB para conquistar a Copa do Nordeste.

É a magia do futebol. É a força que vem de uma massa que sabe como ninguém o que significam as cores vermelha e branca. Jogar junto com o time, criar um ambiente de confiança e torcer que saia aquele 1 a 0 logo, que vai mudar toda a energia dos dois times em campo e transformar o que parecia impossível em possível.

Sem tirar os méritos do time do CRB, mas será através do torcedor regatiano que poderemos provar que 2 a 0 não é apenas um placar perigoso....é um placar reversível!

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2024 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.