OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 20 de maio de 2022

Colunistas

Roberto Boroni Roberto Boroni
Jornalista de formação e que tem a crônica esportiva no coração. Ex-assessor de comunicação do CRB, Vivi de perto a Série B para saber que ela pode ser tudo, menos fácil!
26/07/2021 às 09:52

Frases e expressões que os narradores falam nos jogos do meu time que eu odeio ouvir!

Assim como todo amante do futebol, todo jornalista esportivo tem um time de coração e quando não está trabalhando, torce e vibra como qualquer outro. E durante as narrações de um evento esportivo, torço como qualquer outro torcedor, e como tal, não poderia deixar de ter minhas superstições e manias. Por isso, não sei é assim com vocês, mas eu tenho um verdadeiro pavor de certas frases que os narradores e comentaristas adoram falar nas transmissões esportivas.

Algumas expressões eu não gosto porque zicam o time, outras entram na conta de a idade estar me deixando um pouquinho mais ranzinza. Vejam bem, transmitir qualquer evento ao vivo não é fácil, sei disso, mas quem ama o esporte sabe, tem frases e expressões que dão um arrepio na espinha. Aqui vai algumas delas:

- Meu time, vou pegar emprestado o Bambala, está ganhando ou empatando e vem a frase “O Bambala não perde em casa desde o ano passado”. Ah meus amigos, essa frase tem um poder de trazer a derrota como poucas.

- O time bem na defesa, sem sofrer e aí vem a bomba “o goleiro do Bambala nem pegou na bola, é um mero espectador”. Podem ter certeza, no máximo em cinco minutos vão chutar contra o seu time, o goleiro que se vire.

- O meu time está perdendo por 3 a 0, faltam dois minutos e vem a frase “O Bambala é valente, não se entrega”. Sério?? A raiva da derrota aumenta e muito!!!

- A bola pinga dois metros fora de campo e o narrador chama o comentarista de arbitragem “acertou o juiz?”. Amigo, isso não é conhecimento da regra, é questão de enxergar bem ou não.

- O narrador fala “tem uma pergunta que está chegando muito nas mídias sociais”. Aí ele narra, narra mais um pouco, segue narrando e não diz qual é a pergunta!!! Ah que agonia!

- E quando pintou a bolinha ou vem o “tem gol na rodada”. O cara narra, narra mais um pouco, segue narrando e nada de falar quem fez o maldito gol no outro jogo, minha ansiedade não aguenta isso!

- No vôlei o cara elogia quem vai sacar. O cara erra, pode ter certeza. Ou o jogador acerta três saques seguidos e vem a frase “quem tira fulano do saque?”. Você meu caro narrador, acabou de tirar ele do saque.

- No basquete, lance livre e alguém vem e diz “fulano está 100% na linha do lance livre”. Estava 100%, depois dessa frase não está mais.

- Quando o narrador se confunde no lance e engata o erro com o acerto. O jogador chuta, a bola dá na rede pelo lado de fora e vem o “Golaçooooooo...tiro de meta para o Bambala”. Se eu estou longe de TV, pense no susto e a confusão, faz isso não meus amigos!

- Faltam cinco minutos para acabar, o Bambala está ganhando ou conquistando um ponto importante e o vem o terrível “O Bambala não leva gol nos finais dos jogos nos últimos quatorze jogos”. Ah velho, que vontade de mudar o canal e não importa a falha do zagueiro, a culpa é do narrador, para que foi falar isso (Risos).

- Quando vai me mandar um abraço e diz “Um abraço para o meu amigo BAroni”. E eu de casa, é Boroni meu irmão!!

Trabalhar com futebol e eventos esportivos não é fácil meus amigos, mas vejo tudo isso como uma forma de encarar com bom humor o nosso meio. Mas, por favor, não digam nos cinco minutos finais que não vamos levar o gol, pelo amor de Deus!!!!

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2022 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.