OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 27 de outubro de 2021

Colunistas

Roberto Boroni Roberto Boroni
Jornalista de formação e que tem a crônica esportiva no coração. Ex-assessor de comunicação do CRB, Vivi de perto a Série B para saber que ela pode ser tudo, menos fácil!
21/09/2021 às 10:31

Marroquim acerta em cheio em querer renovar, até o fim de 2022, com Alan Aal. Só errou em contar isso agora!

Foto: Francisco Cedrim/CRB Foto: Francisco Cedrim/CRB

Em entrevista para a equipe da CBN Maceió, nesta semana, o presidente do Clube de Regatas Brasil, Mário Marroquim, revelou que o contrato do técnico Alan Aal será renovado até o final de 2022. Eu acredito que pensar em um projeto a longo prazo é um dos melhores caminhos para se triunfar no futebol, o problema é que no Brasil, esses anúncios antecipados sempre trazem problemas junto com eles, já que somos o País que só aceita vitórias e metas alcançadas, nada diferente disso é aceitável. Somos reféns do produto final.

Renovar com Alan Aal é uma ótima iniciativa, o problema reside em revelar isso neste momento. Essa reta final de Série B promete tantas emoções, com tantos altos e baixos, que mudam a cada semana quem presta ou não, que já anunciar a permanência de Alan All para a próxima temporada, não traz benefícios imediatos ou melhor, pode gerar desgastes desnecessários;

Alguém duvida de que se o CRB sofrer uma queda técnica, essa decisão já entra no rol dos culpados? A gente sabe como funciona torcida de massa em internet, precisam de muito pouco para criticar. Então, não será raro ler e ouvir algo do tipo como “Se acomodou”, “não quer subir porque é mais fácil se manter na B que na A”. ou “jogadores que são poucos utilizados estão desanimados, porque já sabem que não devem ficar para 22”. Eu não concordo com quase nada disso, mas convivi de perto com teorias da conspiração do porque o CRB não subiu ou deixou escapar algo importante. As teorias são as mais variadas, só que 90% delas passam longe do campo e bola. O brasileiro gosta mesmo é de culpar a derrota pela falta de ambição, mercenários no time, jogadores barqueiros ou sem vontade. De novo, campo e bola, podem esquecer.

Na minha humilde opinião, o CRB está certo em pensar em renovar com um treinador que está fazendo um grande trabalho. Porém, poderia segurar essa informação mais para frente, para evitar desgastes desnecessários. Eu renovaria, só não divulgaria agora!

Na mesma entrevista, Marroquim deixou claro que não vai mais contratar nenhum jogador. Como o prazo para regularizar já está perto do fim, achei certo contar logo a real para o torcedor e não permitir que ele se iluda com nenhum nome. O acesso se vier, será com esse elenco que aí está.

Não vejo o Galo com um elenco sem brechas. Só temos dois primeiros volantes de qualidade, Marthã e Claudinei. Logo em uma posição que se toma muito cartão e sofre com lesões, situações que podem ocorrer e o risco de perder um ou dois para uma partida decisiva é real.  Poderia vir, também, um lateral que jogue nas duas, enfim, dá uma reforçada pontual nessa reta final. Entendo que o clube tem um orçamento e ele precisa ser respeitado, se for o caso, paciência.

A renovação do Alan Aal era uma pauta muito pouco tocada nesse momento. É um tema que poderia ser jogado mais para frente e que em nada iria mudar os destinos dessa renovação, que claro terá valores que vão mudar de acordo com a divisão que o Galo estará em 2022, já que na Série A, todo mundo vai querer ganhar mais e com merecimento.

CRB tem um caminho duro e espinhoso pela frente, com muitos gigantes em sua cola, querendo sua vaga no G-4. Qualquer desgaste, o mínimo que seja, deve ser evitado, ainda mais partindo do próprio clube.

O Galo está a sete vitórias da Série A, o foco tem quer nisso e somente nisso! 

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.