OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 08 de dezembro de 2021

Colunistas

Roberto Boroni Roberto Boroni
Jornalista de formação e que tem a crônica esportiva no coração. Ex-assessor de comunicação do CRB, Vivi de perto a Série B para saber que ela pode ser tudo, menos fácil!
16/11/2021 às 08:37

Insistência com Careca é um problema tão cabeludo, que só Alan Aal tem a resposta

Foto: Francisco Cedrim/Ascom CRB Foto: Francisco Cedrim/Ascom CRB

Se existe uma coisa que eu defendo no futebol é que não existe um debate de quem sabe mais, ou quem sabe menos, futebol é feito de conceitos. No meu conceito, e não digo isso de hoje, fica difícil de entender qual o que faz Alan Aal insistir tanto com Careca de titular no CRB.

Longe de mim querer apontar o centroavante regatiano como o grande culpado em o Galo estar deixando o acesso para trás. O CRB e seu treinador cometeram erros, como não reforçar o elenco e, sobretudo, na forma engessada que o Galo vem jogando nas fases ofensivas que o jogo possui. Mas, ter um camisa 9 que a essa altura do campeonato só possui três gols marcados, é algo que fica difícil não apontar como um dos principais problemas da equipe.

Não é que o CRB esteja sofrendo por não fazer gols, o CRB não consegue fazer o goleiro adversário ao menos trabalhar nos jogos. E um sistema que está claramente com problemas, o lado individual poderia fazer alguma diferença, e aí é onde vemos que Careca está longe, muito longe de ser o centroavante que um time de Série B precisa nesse momento. Dele para Léo Gamalho, por exemplo, existe uma avenida de distância.

Careca é um jogador jovem, que poderia sim fazer parte do elenco para poder entrar alguns minutos e ajudar o CRB durante a campanha. Agora, disso para ser o titular quase absoluto é algo que procuro uma explicação e não encontro.

Chegar nessa reta decisiva com um ataque Sub-23, afinal de contas quando jogam Emerson, Careca e Jajá, o Galo conta com um trio ofensivo formado por jovens e que estão vivendo essas situações decisivas em uma Série B pela primeira vez em suas carreiras.

Se minha memória não me falha, Júnior Brandão foi titular pela última vez contra o Goiás no Rei Pelé, na vigésima terceira rodada. CRB perdeu o jogo e ele a vaga na equipe. Qual o critério para, depois desse tempo, Careca jogar e ele não? Só Alan Aal sabe e espero que um dia ele fale sobre isso, porque alguma explicação técnica ou tática ele deve ter.

O acesso ainda pode vir, mas cá para nós ficou muito difícil. Uma pena o CRB não ter diagnosticado o quanto o elenco precisava ser reforçado. Se ele vier, que seja com um gol do Careca e eu queime a língua, mas a insistência com ele vai ser algo que o CRB irá lamentar.

A culpa não é do careca por não estar a altura, a culpa é de quem escala. Como a grande maioria dos treinadores são pessoas firmes em seus conceitos, Alan Aal terà duas rodadas para provas que ele é que tem razão.

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2021 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.