OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 27 de junho de 2022

Colunistas

Roberto Boroni Roberto Boroni
Jornalista de formação e que tem a crônica esportiva no coração. Ex-assessor de comunicação do CRB, Vivi de perto a Série B para saber que ela pode ser tudo, menos fácil!
12/05/2022 às 06:48

Hora na Série B é de se preocupar menos com o rival e pontuar mais

Eu não tenho dúvidas de que CRB e CSA estão onde estão hoje, muito bem estruturados dentro do cenário do atual futebol brasileiro, porque o lado bom dessa rivalidade faz um clube puxar o outro. Isso é algo que não se deve perder nunca. Isto posto, eu me atrevo a aconselhar que nos próximos dias os dois maiores clubes tentem esquecer o rival um pouco e se concentrem, ao máximo, em seu próprio desempenho, para que possam pontuar bem até o Clássico.

O próximo CRB e CSA está marcado para o dia 1o de junho. Até lá, cada equipe irá jogar três rodadas e, pelo desempenho atual, caso não melhorem, vão estar mais perto do Z-4 do que do G-4. Ambos vivem um momento de muita pressão e questionamentos, por isso o próximo Clássico das Multidões pode significar, como nunca, um sério divisor de água na caminhada dos nossos representantes.

Confesso estar mais surpreso de ver o CSA nessa situação, tem um elenco mais forte e um trabalho mais consolidado do seu treinador. Sair para o maior rival no Estadual deixa cicatrizes, que já poderiam estar curadas com bons resultados na B, o que ainda não aconteceu. A pontuação do CSA não reflete o que seu elenco tem de potencial.

O CRB, ao meu ver, se enrolou sozinho. Avaliou mal o seu elenco e apostou em jovens para reforçar o time no início da Série B. Uma estratégia que tanto se mostrou errada, que o clube já teve que ir ao mercado buscar jogadores que estavam sem contratos e que já poderiam estar aqui antes, melhor entrosados e em outro estágio físico. Cada ponto que o CRB ganhar vai valer ouro, até a janela de julho abrir para contratações. Ou, estou muito enganado, e esses jovens possuem a qualidade para levar o CRB a ter uma grande Série B.

O que vejo nas mídias sociais, são os torcedores de CSA e CRB comemorando mais a derrota do rival, do que suas próprias vitórias. Isto é uma tendência dos novos tempos? Provavelmente. O que me preocupa, é ver um ambiente satisfeito com a derrota do outro e os dois estarem mais perto do rebaixamento do que estarem bem colocados.

Não estou pedindo para a rivalidade perder sua essência ou algo assim, mas que ambos não se deixem contaminar pelo ambiente. O Clássico das Multidões está chegando, quem o perder já vai sofre muito, se estiver dentro do Z-4 ou perto dele, o sofrimento será ainda maior e se recuperar exigirá muita resiliência.

Temos três rodadas até lá. Que os dois pontuem bastante e cheguem lá em outro momento, senão teremos um jogo que pode valer muito mais do que zoar o rival!

Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2022 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.