OPINIÃO E INFORMAÇÃO Facebook Twitter
Maceió/Al, 13 de agosto de 2022

Colunistas

Valderi Melo Valderi Melo
É jornalista profissional formado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) desde 1994. Há mais de 20 anos escreve sobre a política alagoana.
30/04/2019 às 23:21

Renan sobre decisão de Fachin em arquivar mais um inquérito: a verdade prevalecerá

Para Renan, a verdade prevalecerá e todos inquéritos serão arquivados pelo Supremo Para Renan, a verdade prevalecerá e todos inquéritos serão arquivados pelo Supremo

A véspera do dia do trabalhador não poderia ter sido melhor para o senador Renan Calheiros (MDB/AL). Nesta terça-feira, 30, o ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de mais um inquérito que investigava Renan e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no âmbito da Operação Lava Jato.

A decisão do ministro atendeu ao da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que não viu indícios suficientes para manter a apuração sobre Renan e Maia. O inquérito arquivado nesta terça era o único no qual eles eram investigados juntos, por suspeita de recebimento de valores para aprovação de medidas provisórias.

Ao ser instaurado, o inquérito apurava se os políticos receberam propina de R$ 7 milhões da construtora Odebrecht em troca da aprovação de medida provisória de 2013 que tratou de incentivos tributários a produtores de etanol e à indústria química. Fachin afirmou na decisão que, quando a PGR pede o arquivamento, cabe ao Supremo apenas arquivar.

Em publicação feita em suas redes sociais, o senador Renan Calheiros comentou a decisão do ministro do STF.

“A verdade está prevalecendo. Este é o 12º inquérito arquivado por absoluta falta de elementos e provas. Fui investigado por “ouvir dizer” e acusado por gente que sequer me conhece. Absurdos que estão sendo corrigidos. Afinal, está cada vez mais evidente que as investigações foram fruto de perseguição de Rodrigo Janot e do procurador do power point, Daltan Dellagnol”.

O senador ainda publicou um vídeo com a notícia do arquivamento dada pelo Jornal Nacional.



Comentários

Siga o AL1 nas redes sociais Facebook Twitter

(82) 996302401 (Redação) - Comercial: [email protected]

© 2022 Portal AL1 - Todos os direitos reservados.